Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

Dona Especiaria.

Para quem é bom garfo, para quem gosta de comer, saber comer e tirar o melhor proveito da alimentação saudável tem de ir aqui! A viagem de sabores começa às 20h30, preparem-se para a descoberta...

Feliz Natal!

Feliz Natal e para o ano de 2014 fica a sugestão de um passeio pela vila de Mortágua. A minha vila!
PS: as fotos não da minha autoria e lamentavelmente desconheço o autor.

Sala dos Capelos

Hoje vi esta sala repleta de sabedoria, senti uma inquietante tranquilidade e vislumbrei muito, mas muito amor. Adorava revê-la assim daqui a 2 anos mesmo no alto do meu 1.65m.
Não preciso de mais.

Dezembro 2013

"Acalma esse coração pequena que desespero nunca resolveu problema!" Desconhecido

Natal 2013

Anel anti stress do Bazar da Prata (foto da página do facebook do Bazar da Prata)
 Casaco de pele acolchoado da Zara (foto do site da Zara)
 Anel Swarovski Spiral (foto do blog A Pipoca Mais Doce)

 Sabrinas Josefinas em modelo Benguela (foto do site)

Carteira Bimba & Lola em modelo Caddilac (foto do site)


O mais curioso (e menos divertido) é que todos os presentes tem sensivelmente o mesmo preço!

O amor é ... sei lá eu o que é!

Ela apareceu, como das outras vezes. Vi-lhe o cansaço no olhar, a fadiga no sorriso e as noites nunca dormidas destes últimos 40 anos pairam sobre o rosto. Sim, esta senhora há 40 anos que não dorme... Conta-me que o seu marido de 71 anos viu morrer-lhe nos braços há 40 anos o irmão de acidente rodoviário, que ficou literalmente em dois bocados, ele segurou-o pela cinta. Não supera a perda do caçula, o seu irmão preferido! Nesse mesmo mês, mostra ao mundo que a esquizofrenia herdada do avô paterno também ele a tem. A partir deste momento é sempre a descair... Diz-me hoje, que lamenta ter tido um casamento feliz durante 19 anos, porque os anos seguintes foram ainda mais tristes por ter tido uma felicidade tão verdadeira que consegue vislumbrar no olhar do marido que lhe diz todas as manhãs "Como és linda Nicas...". Diz-me também, que se soubesse o que o futuro lhe guardara, tinha casado mais nova! Ama muito o marido que lhe deu 3 filhos e nunca a ouvi queixar dos prantos que…

Saudade.

Para mim a saudade é um dos sentimentos mais puros que existem. Se sentimos saudade, é porque realmente gostámos de algo, da pessoa, do momento, seja do que for. Pois bem, a Inês e o Bruno ainda não partiram e eu já sinto saudades do que vivemos e de tudo aquilo que jurámos viver.  Os cafés que tomámos, os jantares que tivemos, as saídas à noite e mais ainda, já sinto saudades dos cafés que não vamos tomar, dos jantares que não vamos ter, dos telefonemas que não existirão enquanto farei a A1/A8 em altifalante e de tudo aquilo que nos vai passar ao lado e que com franqueza tentaremos condensar e resumir alegremente num ecrã com o Skype ligado. Infelizmente são mais um exemplo no meio de outros milhares que emigram, porque no país  em que nasceram, em que estudaram, em que investiram, esse mesmo desistiu deles insistindo que não há oferta de emprego para eles a não ser em condições precárias que abarrotam por quem enriquece a roubar o comparsa. Não insistam em negar, é o que mais há e …

A extraordinária viagem aos Serviços Académicos da UC.

Quando um dos meus melhores amigos do doutoramento, me telefona aflito porque passou o prazo de inscrição e, além de termos uma multa para pagar, temos também aqueles ataques desenfreados de fúria sobre a forma descarada com que nos enviam e-mails a avisar da proximidade do vencimento da prestação da propina e para avisarem que o programa informático já está a funcionar correctamente é que não avisam, porque isso sim dá trabalho!!! Como acham que fico?! Completamente passada, digo num atropelo de asneiredo que eles só querem é dinheiro! E o que se sucede?! É o que vos vou contar em seguida: Na passada sexta-feira, enquanto conversávamos sobre a maldita inscrição no 2ºano já em período extra, lacramos a dita matrícula, mesmo não nos aparecendo as disciplinas do 2ºano. Asneira!!! Mais uma enxurrada de asneiredo. Porque pagamos 2.500euros anuais de propinas quando nem o programa informático funciona correctamente?! Bem me lembro de dizermos ao mesmo tempo: "Eu recuso-me a pagar a m…

Vida a dois.

Não é fácil. É tudo muito bonito quando se gosta, quando queremos passar mais tempo com a pessoa em questão, mas quando nós mulheres para irmos dormir a casa deles precisamos levar o secador, a placa de alisar, a roupa do dia seguinte e a marmita para o almoço (and so on); e ao olhar para o relógio, deparo-me que cheguei a minha casa do trabalho às 22h36 e no outro dia tenho que levantar às 6h45. E, ainda quero tomar banho, jantar, secar o cabelo e ver uma série. Resultado?! Onde encaixo eu o meu homem? A resposta atrevida e divertida é: no banho, porque o encontro sempre sujo! ;) Mas não é bem assim. E ele que entra às 9h e sai às 18h no geral e em 10 minutos põe-se em casa, porque tem de ficar em stand by à minha espera?!  Mas a vida é mesmo assim, nem tudo é como queremos e o que tem de ser, tem muita força! A questão que me leva a escrever é a dificuldade que há cá em casa (agora que moramos juntos) em entender qual o caminho a seguir? Em que momento um de nós deve ceder, quem é …

Festival da Francesinha da Alfândega do Porto 2013.

Numa tentativa de termos um fim-de-semana diferente neste Verono, entre Mercado dos Sabores e Festival da Francesinha, optámos pelo segundo porque somos os dois um bom garfo (faca, colher e tudo e tudo!!!). E... não nos arrependemos! O dia não ficou por aqui para nós, mas o meu texto fica... ;)

À entrada,
à espera...


e, finalmente, ao ataque! Prato original, não?!


PS: Comemos a Francesinha Santiago e recomendo vivamente! Podem encontrar sugestões aqui


Emmys 2013

O meu top 3:
K. Washington em Marchesa.

  A. Williams em Ralph Laurent.

T. Schilling em Thakoon. (E esta hein?!...)

Quando a realidade supera o sonho.

Joana Vasconcelos,

fez-me pensar em mim mesma. A Joana teve um sonho, desejou, arregaçou as mangas da camisa e fez-se ao caminho. Eu? Eu ainda só estou no começo...











E sim, os melhores sonhos são aqueles em que estamos acordados e de olhos bem abertos!

Sorrisos.

As fotos e os sorrisos são para o meu grande fotógrafo e pequeno amor da minha vida: André Ventura.

Estórias de princesas.

A Júlinha é a filha do padrinho do meu namorado e ao que consta nutre por mim, uma enorme admiração. Confesso que, a meu ver, pouco brinco com ela, mas aos olhos dela eu sou uma princesa que brinco imenso. O que vos relatei chegou-me aos ouvidos pela sua mamã, o que vos escrevo agora aconteceu-me a mim no fim-de-semana.

Estávamos todos reunidos à mesa num grande lanche quando dou por mim a ser abordada pela Julinha nestes termos:
- "Oh Patricia, onde é que tu dormes?!"
- "Como assim Júlinha?!"
- "Onde é que tu tens a tua cama?!"
- "Bem... Quando estou em Mortágua durmo em casa dos meus pais, mas tenho o meu apartamento em Coimbra, onde eu durmo a maioria das noites."
- "E o André!?"
- "Ora... A minha casinha é também a do André. Sabes nós não casamos, mas moramos juntos, é quase como se fossemos casados, só falta o anel. Mas achas que faz muita diferença?!"
- "Não! Tu já és linda assim, não precisas do anel."

(Silêncio e s…

O meu amor morreu.

O meu amor morreu. Há cerca de 17 anos. Ela dorme todas as noites ao meu lado, continua a preparar-me o almoço respeitosamente ao meio dia como o meu momento mais precioso do dia, mas o meu amor, esse morreu. Conheci a minha esposa há 49 anos, não era a mais bonita da aldeia, devia ser nomeada com justiça a mais carinhosa da vila inteira, era a moça dos seus 16 anos que quando sorria iluminava uma sala inteira, eu já tinha os meus 20 e naquela altura tinha idade para saber o que queria, os meus 20 daquela altura, não são os mesmos 20 anos de hoje. Porém, hoje quem se senta à mesa e almoça comigo já não é a pessoa por quem me apaixonei; tem o mesmo corpo, a mesma idade e o mesmo rosto que a minha esposa de 65 anos, o olhar já não é o mesmo, perdeu o brilho e a luz. A cor parece-me agora, um verde mais escuro. Há 17 anos que lhe foi diagnosticado um cancro colorretal no intestino grosso, ela tinha 48 anos e o nosso primeiro neto estava para completar 6 meses de vida. Quando soube o dia…

Filmes.

Aqui ficam os últimos 3 filmes que vi e se há algo que aprendi com os 3 é que não há barreiras à força de vontade.

OST of my 2013's life until.... today!

Ando numa correria louca entre o trabalho, as aulas no Departamento de Dentária e do Programa Doutoral. O que me vale são estes 3 meninos "in repeat"... Ahhhhh, tenho exame hoje!!!

Domingo.

Tenho artigos para ler
Outros em meia escrita
Mas no sofá é que estou bem sem me aborrecer.

A chuva cai lá fora
O seu ping ouço eu daqui
Sem vontade de seguir viagem que fiz outrora.

Mas o caminho morre sem mim
Chora a minha ausência
Perdida algures na fumaça da sua consciência.

Eu sigo na minha preguiça
Que doce é não fazer nada, quiçá
Ao olhar a minha mãe que nunca pára.

E eu vou sonhando com o que já conquistei
Aveludado está todo o meu percurso precoce
Pé ante pé em neve de algodão doce.

Pensamento do dia.

Os meus pais.

Há pouco tempo atrás li nos agradecimentos da tese da minha melhor amiga uma homenagem consciente aos pais sintetizada na seguinte frase que passo a citar: "Sei que adiaram muitos sonhos vossos para que eu pudesse seguir o meu, e isso jamais algum dia serei capaz de retribuir." E a minha Marta pensa como eu e revejo-me imenso nela, talvez daí nunca, mas nunca nos termos chateado.  E tal como ela, também eu tenho pais assim. Porém, aquilo que sinto é igual à Marta, mas as  minhas palavras são diferentes, não têm o sotaque do Norte. Os meus pais, tais como os da Marta adiam diariamente os seus sonhos para nos verem a concretizar os nossos. Posso escrever sem presunção alguma, que eu tirei o Mestrado Integrado em Medicina Dentária e a Marta está a terminar o seu em Medicina. E, sem vaidade alguma, posso indiciar que somos boas filhas, mas eles são melhores pais. Eles abdicam de ter para dar, quando nós queremos mais e mais. Uma ambição saudável, mas não deixamos de ser ambicio…

...

Horas.

O poder das horas é magnificente! As horas mandam, são as deusas do meu mundo, decidem quando nos deitamos, quando é hora social de almoçar, lanchar, jantar para um e outro país em alguns momentos diferentes para não haver engarrafamentos no movimento dos talheres e pior que tudo quando chegámos ao preciso instante de nos levantarmos, especialmente se é uma segunda-feira. Até escolhem quando chega a noite, em momentos diferentes de Verão para Inverno. Decidem que devemos estar emparelhados com Londres num meridiano, mas para percorrermos a distância até à China, as horas requerem-nos que tenhamos tempo para ser gasto nas viagens. Pois bem, não sou rica em tempo, tenho até muito tempo, mas está todo empregue, investido há muito em algo; mas tempo livre para poder ocupar com o que quiser já não é bem assim. Por isso enchi-me de coragem e hoje pedi tempo às horas e elas sorriram-me de volta. "Mas porque te ris?" perguntei eu a medo e corada. "Pedes algumas horas livres po…

A minha melhor amiga.

Segurei-te nos meus braços por curtos momentos
Decorei o teu cheiro, o que hoje me parece ter sido num preciso instante
Guardo comigo essa imagem como a nossa memória mais doce
Envolvida num Swarovski brilhante
Perdi-te num suspiro precoce.

E foste a voar no teu maior sonho
De querer ser mais e melhor,
E eu sigo os teus passos como a tua maior fã.
Daqui de longe, mas bem mais perto de quem se senta do teu lado
E deixo-me ficar a olhar para ti embalada
No silêncio de um bater do coração.

E devagarinho dou por mim a imaginar-me ao teu lado
A segurar-te as folhas do Harrison que tens de desfolhar
Como quem lê a sina, sem cruzar a linha do amor
Que a tua linha da vida que seja bem longa e feliz
Mas que se cruze interminavelmente com a minha.
E vou desejar-te sempre o melhor

E que sejas no mínimo muito mais feliz que eu!

PS: Vou sempre detestar despedir-me de ti.


Um outro planeta terra.

Sou uma curiosa sobre cinema, mas em modo amadora (por completo), não decoro pormenores de filmes da ficha técnica além do nome de alguns realizados e atores, nem pormenores da vida pessoal de muitos atores, muito menos analisar se algo está bem feito, gosto na vez de analisar, de apreciar. E os poucos pormenores que sei com o tempo não me aborreço de os esquecer. O que mais detesto numa cena de filme é ver o microfone, perco-me na deixa e esqueço a história que está a ser contada nesse preciso segundo. Mas este filme nada tem a vem com o que acima afirmo, está a meu ver maravilhoso e fez-me pensar dias e dias a fio. Imagino eu, que hoje 16 de Janeiro de 2013 é anunciada a descoberta um planeta terra igual ao nosso, completamente espelhado, uma pessoa igual a mim mesma com a grande diferença nas escolhas feitas no dia-a-dia. Ou seja, onde eu no passado escolhi esquerda, o meu outro eu escolheu direita. Onde eu escolhi esquecer um amor, o meu outro eu escolheu lembrá-lo e por aí em fr…

Eu sei.

Em todas as histórias de amor é nossa obrigação saber seguir em frente, mesmo quando a afinidade existente é assustadora. E eu sempre segui, muitas vezes fui arrastando-me ou ao colo de minha mãe.   Eu sentia sempre que o mundo estava contra mim. Uma vez quase tentei esquecer um amor com outro, ainda hoje penso: será que derrapei a tempo? Ainda tenho essa cicatriz. Cosia, bem cosida e deixei o ponto bem preso mas à vista para não me esquecer.  Mas no Domingo bateram-me no carro, porém eu senti muito mais do que um simples toque. Foi muito mais que isso. Rasgaram o papel onde desenhei os meus sonhos, fitaram-me o coração, baralharam os meus sentimentos e de repente o que é certo pareceu-me errado, como quem se confessa em mil mentiras, quem canta sem melodia, numa letra vazia de sentimentos e linhas em branco. Eu peço-te desculpa, e eu que te amo tanto, sinto-me atordoada, fui para o lado de lá e não voltei igual... Fui a voar e quando dei por mim estava ade cabeça para baixo, fazia o…

Golden Globes 2013: the 3 best dresses!

Morena Baccarin com um Valentino. O nome diz tudo.


Kate Hudson com um maravilhoso Alexander Mcqueen.

Miranda Kerr num majestoso Zuhair Mulad.

O amor dói II.

Um namoro nem sempre é feliz. Novidade?! Nenhuma. A questão é entender até que ponto vale apena tentar e quando valerá apena ter a coragem de desistir... A vida é para ser vivida e não para sobreviver!

O amor dói I.

O amor dói, corrompe, magoa, insiste na ferida. Há uns anos atrás tive uma daquelas paixões de adolescente completamente assolapada (escondida, oculta) como é típico dessa fase de amores impossíveis e não correspondidos. A questão aqui é que ainda hoje me lembro dessa paixão, pela dor que me causou e raiva que causa pelo tempo perdido. Anos e anos estive apaixonada por quem não gostava verdadeiramente de mim, mas gostava de ter a minha total atenção e o meu amor por inteiro. O pior disso, é que nunca vivi com ele um amor maior, mas perdi um grande amigo. E em saber ser amigo ele era e foi o melhor. Hoje penso, valerá apena perder uma amizade por um grande/pequeno amor?! Eu sei que todos gostamos de atenção e carinho, mas usá-lo assim a bom proveito e depois deitá-lo fora, não. Pois bem, os nossos beijinhos e abraços eram todos eles às escondidas, anos mais tarde descubro que não era só comigo. O homem é carne, conhaque é conhaque. Ora bem, os anos vão passando e os desejos querendo r…

Homens de sorte.

Há homens de sorte, não só namoram mulheres lindíssimas, mas também maravilhosas. Mas o caso não é só este. Há casos em não são só elas as maravilhosas criaturas da natureza, mas também eles dignos de pintura de Michelangelo!


 Ryan Gosling  Rachel McAdams, com quem namorou anos... Eva Mendes, a atual namorada. Nota-se que é latina. Certo?! Guillaume Canet, ator francês  Diane Kruger, com quem esteve casado 5 anos.  Marion Cotillard, a atual esposa e para mim uma das mulheres mais lindas.  Ryan Reynolds Scarlet Johansson, com quem esteve casado 3 anos,
 Blake Lively, atual esposa desde 2012.
É estranho sabermos os rostos dos ex e dos atuais companheiros, quando mal sabemos de cor o rosto do  companheiro, quanto mais o da ex da vizinha do 2ºB.