Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2008

Redescobrir-me nos ensaios.

Ando a caminhar e é muito bom. Posso dizer que adoro caminhar... Faz-me ver, faz-me pensar, faz-me viver! E sim, faz-me sorrir a cada por-do-sol que vejo nas longas tardes de aulas que esqueço com uma bela caminhada. E sinto, tiro fotos, muitas fotos... Ando sozinha, ainda me sinto só, mas sinto-me bem comigo e isso é bom. E o mais engraçado de tudo, é que já não procuro companhia, deixo-me ficar assim só. Mais vale só que mal acompanhada.

Ps: Ando a ler um ensaio sobre a cegueira. Que delícia.

Clandestino.

a noite vinha fria
negras sombras a rondavam
era meia-noite
e o meu amor tardava

a nossa casa, a nossa vida
foi de novo revirada
à meia-noite
o meu amor não estava

ai, eu não sei aonde ele está
se à nossa casa voltará
foi esse o nosso compromisso

e acaso nos tocar o azar
o combinado é não esperar
que o nosso amor é clandestino

com o bebé, escondida,
quis lá eu saber, esperei
era meia-noite
e o meu amor tardava

e arranhada pelas silvas
sei lá eu o que desejei:
não voltar nunca...
amantes, outra casa...

e quando ele por fim chegou
trazia flores que apanhou
e um brinquedo pró menino

e quando a guarda apontou
fui eu quem o abraçou
o nosso amor é clandestino

[Letra de Pedro da Silva Martins e músida dos Deolinda.]
Hoje vou ver e ouvir ao vivo no TAGV. Acho que vai ser muito melhor do que espero!

Relutância.

A dificuldade que tenho em aceitar as coisas, mas no fundo já estão aceites, só não o quero ver. E isto ainda me está inerente. Ando a pensar demais, eu sei, mas às vezes é preciso. Assim como também é preciso olhar para trás para ver o que se passou, para em seguida olhar em frente e caminhar devagar, mas a caminhar. Penso agora que em todos os momentos da minha vida, e quando digo todos, digo mesmo todos, sinto que nesses momentos de solidão pura, estive só e senti-me sozinha. É tão estranho. Tudo por circunstâncias que por este ou por aquele motivo surgiram, mas que foram simplesmente acontecendo. Recordo a morte do meu avô Manuel, agora o internamento da minha mãe... É ensurcedor e terrivelmente doloroso suportar algumas horas do dia. Então o que acontece? Pouco ou nada falo, fico muito calada e vou ouvindo dizer "Mas o que se passa?" ao que respondo que ando cansada. E fica por aí. Mas tal como outros tantos, também eu quero viver e não sobreviver ao que se passa. Ent…

AdN.

É a primeira vez que vou fazer a árvore de Natal cá em casa com uma triteza tão grande e pesada no meu coração.Já o disse, já estou mais leve, mas não quero falar sobre isto...

Um diário que não é meu.

Agora apetece-me passar 3 anos a ver o Diário da Nossa Paixão. Até me confundir e pensar que tenho um amor assim. Ando cansada de tanta coisa. A sério, precisava de 5 anos a dormir, todos com a sua vida já sem mim presente e lá ia eu no campasso do esquecimento que tudo come e nada deixa para trás... Sábado vai ser um dia longo, longo, penso que já sofro só de pensar.

Tenho saudades tuas Bequinhas.

A minha Bequinhas.

Tenho saudades tuas. IMENSAS! De passar os dias contigo, lado a lado, de conversar contigo. Por saber que ao ter aulas ia tar contigo e assim o passo tornava-se mais rápido sem eu dar por ele. Tenho saudades da nossa gincana de anatomia, em que no meio de tanto stress, de tanto medo e tanta confusão nunca nos largámos uma à outra. Tenho saudades de te ouvir falar do Ricardo. Tenho saudades de o ouvir queixar em que eu já passava mais tempo contigo do que tu com ele. Tenho saudades de te ver com o cabelo cortado e dizer que o tinhas cortado demais. Tenho saudades de comer em tua casa o frango tão picante que era uma noite de inverno bem fria e tinhamos tanto, mas tanto calor! Tenho saudades de andarmos no 7T que seguias para casa e que eu apanhava só para estar mais um bocado contigo, quando podia ir a pé. Tenho saudades da nossa Joaninha. Tenho saudades de "sacar" o material de bioquímica e que traziamos ora na tua carteira ou na minha para casa. Fico triste quando vejo foto…

Peter Pan.

Devo confessar que o hi5 tem coisas boas. A sério que tem. Para mim o que mais gosto é a descrição que algumas pessoas fazem sobre si. Aqui fica a minha preferida.

SOBRE MIM:
Um puto xarila com corpo de adulto, mente de sonhador, coração de criança e alma de gigante. Olhos de Sol, lábios de chocolate, braços de Sequoia para abraçar os Oceanos e os Continentes, dedos de algodão para acarinhar os animais e os humanos, voz de Inverno para as gargalhadas, voz de Primavera para os desejos. 185 cm de um enigma indecifrável, que faz cada dia ser mais pequeno e cada noite mais longa. Eternamente louco. É assim que tem piada :) A minha Alma tem muitas cores e com ela quero pintar o Mundo !!!

INTERESSES:
Quero ser o primeiro homem a andar de patins em linha na Lua... e se cair numa cratera, que seja de cabeça para cima para me verem desdentado... mas a rir!!

Digam lá, tenho ou não tenho razão?

[PEDRO, gostava que a tua mãe não se tivesse despedido de ti, significava que ainda não tinha partido. A sen…

FP.

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"
Fernando Pessoa
[Numa altura em que o espólio dele vai a leilão.]
Aiiiiiiiiiiiiii. Podemos atrasar ou adiantar a coisa? Vá lá... Ficar assim é que não. Ai que apertosito vai neste coração. Mas poderia mentir e dizer que não gosto de estar assim. Mas gosto! Só se sente e só se vive uma vez na vida. Serei eu uma das sortudas e estará tudo ainda para começar?
Sim.

Ontem ouvi e pressenti que às vezes temos de ser como enguias, ir por aqui e por ali. Ir indo e vendo, sem colocar muitas hipóteses de lado, porque normalmente são essas que seguimos em frente.

Hoje gostei de olhar para ti. Senti que não tive nada, mas que tenho tido sempre tudo. Serei já uma Floribela?:D LOL

Who am I to say you love me?

Love of my life, my soulmate
You're my best friend
Part of me like breathing
Now half of me is left

Don't know anything at all
Who am I to say you love me
I don't know anything at all
And who am I to say you need me

Color me blue I'm lost in you
Don't know why I'm still waiting
Many moons have come and gone
Don't know why I'm still searching...

[Who am I from Hope.]

Há músicas que simplesmente me deixam em baixo. A sério. Identifico-me às vezes sim, é isso. Outras vezes dou comigo a ficar triste por quem as canta. O que vem do fundo de um coração magoado é capaz de partir outro.

Aiiiiiiiii!

Às vezes gostava de ser menos comercial, a sério. Já me disseram que reparo em tanta coisa que passa ao lado de muita gente e eu é que continuo a sentir que me passa é muita coisa ao lado... Quase que é como ouvir a música que todos ouvem, sem notar que existe muito mais música para além desta... Digo eu.

É cedo demais.

Sim. Chega a uma hora que é o nosso fim.
Mas acho que é sempre cedo demais. Há sempre algo mais para fazer, um outro tanto por dizer e muito mais por amar. Mas para além de ser sempre cedo, acho que nunca estamos preparados para perder seja quem for. Do mais velho ao mais novo, nunca estamos preparados. Assim, como a morte leva quem ainda não está pronto para partir.Uma mãe perder um filho, deve ser horripilante, mas um filho perder uma mãe...

Para ti meu doce, todo o meu amor e toda a minha força. Porque só quem passa por elas é que sabe o que custa e eu ainda não sei o que isso é.

Name.

Holding back, everyday the same
Don't wanna be a loner
Listen to me, oh no
I never say anything at all
But with nothing to consider they forget my name.

Parte da música "That´s not my name" Dos Ting Things.

The Script - The Man Who Can't Be Moved

Going back to the corner where I first saw you,
Gonna camp in my sleeping bag I'm not gonna move,
Got some words on cardboard got your picture in my hand,
Saying if you see this girl can you tell her where I am,
Some try to hand me money they don't understand,
I'm not...broke I'm just a broken hearted man,
I know it makes no sense, but what else can I do,
How can I move on when I'm still in love with you...

Cos if one day you wake up and find that you're missing me,
And your heart starts to wonder where on this earth I can be,
Thinking maybe you'll come back here to the place that we'd meet,
And you'd see me waiting for you on the corner of the street.

So I'm not moving...
I'm not moving.

Policeman says son you can't stay here,
I said there's someone I'm waiting for if it's a day, a month, a year,
Gotta stand my ground even if it rains or snows,
If she changes her mind this is the first place she will go.

Cos if one day you wake up and find th…

Jason Mraz "I'm yours."

E com ar leve e boa vibe canta-me ele assim ao ouvido...

But I won't hesitate no more,
no more, it cannot wait
I'm yours

Well open up your mind and see like me
open up your plans and damn you´re free
look into your heart and you´ll find love love love love
listen to the music of the moment people dance and sing
We're just one big family
And it's our godforsaken right to be loved loved loved loved loved

So, I won't hesitate no more,
no more, it cannot wait I'm sure
there's no need to complicate our time is short
this is our fate
I´m yours

Ponto.

Tenho demasiada boa memória para NÃO aturar certas coisas!!! Não me pisem, que não piso ninguém! E TENHO DITO. Às vezes gosto deste mau mau feitio, liberta-me!

Gosto assim.

No meio de tanta brincadeira, há sempre momentos sérios e então de parvoice, nunca faltam. Mas mesmo assim há momentos especiais que até os vivienciamos com desconhecidos e um ou outro rosto, por mais que não o voltaremos a ver, fica memorizado. E é assim, nesta salganhada do dia-a-dia que vais pondo perna à frente de perna que depois fica para trás, e uns dias vais vivendo e outros em que por mais que queiras viver, somente sobrevives. Há dias em que o sol é imenso mas pouco aquece e há dias em que uma simples réstea de sol aquece o coração mais frio. Dou comigo a não tentar compulsivamente explicar tudo a mim própria como se tivesse de decifrar tudo o que surge ao meu redor. A sério. Isso cansa-me, já assim fui sem saber que o era e sem tantar deixar de o ser, assim deixei. Algo estranho que felizmente se entranhou. Já sei deixar ir, já sei esperar, já sei deixar-me levar e felizmente, já sei dar, sem esperar em troca. Tenho 21 anos, é verdade que já é idade para algum juízo, mas é…

Coiso.

Há coisas que já não mexem comigo como antes...Será isto a tal experiência? Será isso que dizem que com o tempo deixamos de ser tão impulsivos?

Hoje disse isto:

"Deixo-me levar por olhares, porque os momentos, esses são para ser guardados no coração..." E esta hein? Até se fez silêncio. Não, não estou a imitar ninguém... Esta é mesmo da minha autoria! ahha aha ha ha aha aha ahah Isto não é para quem quer, é para quem pode. Esta frase dita nos momentos certos, até tem a sua bela piada!

Cansadinha como deve ser.

Isto está um bocado difícil para estes lados em questões de tempo. Não, não refiro os meteorológicos, mas sim o factor tempo temporal (eufemismos ou não à parte sff). Preciso só de um pedacinho de tempo para mim e para as coisas que mais gosto... Vá lá, uma ajudinha vinha mesmo a calhar... Mas ou sou uma mulher ou um rato? LOL Toca a trabalhar, que o que dá luta é o que me sabe sempre melhor...

[Gosto de me ver assim...]

Meredeith Grey.

Faz doer.
Ver o que ela passa.
Como se sentiu toda a vida e como se sente.
As coisas pelas quais passou e mesmo assim continua a tentar.
Mas há um episódio que me marcou imenso pelo que ela diz ao Derek:

Ok, here it is. Your choice, it´s simple. Her or me. And I'm sure she's really great. But Derek... I love you. In a really, really big... pretend to like your taste un music... Let you eat the lasy peace of cheesecake... Hold a radio over my head outside your bedroom window... Unfortunate way that makes me hate you, love you. So pick me. Choose me. love me.

Ó senhor, isto faz mal a um pobre coração...

So tired.

Aprendi que há dias em que não nos preocupamos com quase nada, andamos a uma velocidade superior à da luz, as horas parecem escassos segundos e quando damos por nós, só aí é que o cansaço nos consegue alcançar mas já de tão sofrego, ele perde a batalha e terminamos o dia vitoriosos. Passei uma semana assim. Mas há outros dias, como o de hoje, em que o Rei é ele e por estes lados ele esta com ar de imperador... A sério, não é normal estar assim. O amanhã até podia vir depressa, assim isto passava mais depressa! Porque hoje isto está por demais.

Terceiro sábado de Outubro.

Não vou a casa este fim-de-semana, e com muita pena minha estou como não devia estar, cansada a um Sábado! A uma Sexta ainda vá lá que não vá, agora a um Sábado... Bem, já me chega de lamechices, não sou disso e nem gosto disso. Até porque já está na hora de ir para a última tarde do congresso da SPEMD presidido pelo Professor Figueiredo que até é um fixe... Espero que a tarde seja agradável, porque vai coincidir sobre o tema que mais me agrada neste momento - Odontopediatria.

Fala-me.

Sussura-me ao ouvido, brinca com o lóbulo da minha orelha e diz-me que me queres... Mas muito baixinho, assim não sei se disseste mesmo ou se sonhei... É melhor assim, com poucas certezas. Quero-te bem.

O meu ponto fraco.

Aqui está ele...

Prometo-te que aceito.

Gostava de te falar, falar, falar e de me perder nos meus pensamentos, e de tão entusiasmada que estava gostava que te perdesses não um pouco,mas sim muito e sem rodeios no que eu com tanta ansiedade guardei para te contar e mal me ouves de tão feliz que estás por me ver ali tão perto, depois de tanto tempo; por veres nos meus olhos que era a ti que tudo queria contar e que sim, depois de tudo é comigo que tudo faz mais sentido e é em mim que pensas quando algo surge e guardas para me dizer! E mais, nada me dizes, guardas para ti o que sentes, desabafas só com a consciência "Como ela é linda assim do seu jeito" apressas o passo do raciocínio e já pouco embalado ainda decoras a minha última frase, dizes que concordas comigo e perguntas-me se quero que me leves a casa. Pergunta-me isso e eu prometo-te que aceito. Mas por favor, não me leves para casa. Porque o teu olhar ainda hoje me faz mais feliz que tudo.

Segredo.

Posso contar um segredo?
Ando a sorrir com gosto! Mesmo com gosto! Já quase que tenho uma gargalhada decente! E tudo isto sem treino! ahahah ah ahah aha
Estou estoiradinha de todo! Beijinhos e abracinhos, até amanhã!

SEJAM FELIZES!!!

23h26

Já pouco passa das 23h e já estou com sono. O ritmo está a tomar conta de mim e os bons hábitos voltam a dominar... :O (soninho, muito!) Uma noitinha feliz meus doces...

Livro III.

Flávia.
A minha mãe vem aí. Estranho vê-la lá por casa tão à vontade com tudo, então junto do Vitor... Nunca gostou dos meus namorados ao início. Nunca. Depois tal como se fosse uma conquista, deixava-se enamorar. Estranho e surrealista ao início, porque custou a valer, mas agora terrivelemente delicioso. Já aconteceu ligar-me a saber dele e isto para uma filha única é dificil de suportar. Fiquei em choque, não resisti e disse-lhe "Mamã, tenho-o aqui ao meu lado e vou passar-lhe." e o Vitor a rir-se, porque sabe que me custa e porque sempre sentiu que tinha demorado mas que a tinha conquistado de vez e para sempre, disse "Olá sogrinha querida, está boa? Então nem quer saber da sua filha, só de mim..." Mesmo do jeito que ela diz que não gosta de ser tratada mas lá no fundo ama com todo o coração. Ainda me lembro de como me beijava e dizia a minha mãe como eu estava linda grávida do Afonso Dinis e eu inchada em pleno nos 7 meses. E foi a pensar nisto que nem dei por …

Ó senhor.

Há quem insista em afirmar veemente que tenho os olhos cinzentos! Só se for néboa ou remela! E o mais extravagante é não acreditar quando lhe digo que não são. Bahhhhhhhhhhhhhhh :/

Livro II.

Poderia contar-vos como os Médicos me repetem insistentemente que estou a responder muito bem ao tratamento. Então o Dr. João, meu Brother, meu melhor amigo, mantêm-se incansável nos seus esforços. Às vezes parece-me o Vitor de tão preocupado que fica. Mas neste momento, não é a queda de cabelo, nem a mastectomia que me assustam. O que me aterroriza é que no fim de cada sessão de quimio não consigo pegar no colo de nenhum dos meus dois filhos. O Di fica de uma maneira, com um olhar de coração ferido. "Ó mamã, pega no Di!" Mas é me fisicamente impossível. Fico prisioneira de um corpo que já não me obdece e como se isso não me bastasse, sinto um nevoeiro que me faz perder em mim, tal como se me roubassem o corpo eu não o notaria nem me importaria, tal é o desalinhamento que sinto. É complicado aceitar o que se sucede acumulando os remorsos que me assolam cada vez que 'venho a mim' e me apercebo que mais uma vez não fui forte como queria ser. "Mamã, eu queria d…

Personagens.

Sempre ouvi perguntar que filme mais gostas, que música, que cantor, por aí em diante... Mas confesso que não me lembro de me perguntarem se tinha alguma personagem preferida. A sério... Não sou de ficar perdida pelo físico de um actor, ou de os confundir com as personagens, nada disso. Perco-me sim pela personagem que defendem com garra, naquelas que pensamos que devem ser mesmo assim na vida real. Por exemplo, quando estou triste dou comigo a (re, re, re, re, re-)ver o Matrix e a perder-me no olhar do Neo.
O PREFERIDO!!! Não sou de todo indiferente a isto. Pensava que estava só, mas nunca o esteve realmente. Mas como não há duas sem três, o Mr. Darcysurge logo a seguir. Não sei se com o seu discurso todo ele rebustamente sincero, se com a amargura que mostra ao não saber lidar com tão forte sentimento. Completamente arrebatador quando diz "Cause I love, love you" (ARREPIO!). Em último mas não menos importante, Aragorn.Estritamente fiel a si mesmo, aos seus valores e acima d…

V: paredes divergentes para Oclusal.

O que mais li hoje. O que com menos esforço decorei, pois foram tantas as vezes que esta frase me surgiu no meio do texto. O que tenho de saber para Dentisteria. Mas para Prótese Fixa já não são divergentes, mas sim CONVERGENTES! Mas o que me parte toda é dizer que x paredes são paralelas entre si, mas perpendiculares com y paredes. Porque não pode ser x paredes perpendiculares com y tecto ou z chão? PORQUÊ???? Arquitectos em Medicina, nem vê-los....Até os Hospitais são em cruz, é mais fácil... Ó cum catano...

Colin Firth.

Ontem deitada no sofá meia a dormir meia acordada como todas as minhas sextas-feiras, deliciei-me a ver o Diário de Bridget Jones, mas desta vez com um olhar muito diferente. Então não é que este actor desempenhou pela primeira vez em 1995 na tv o famoso Mr. Darcy do meu Orgulho e Preconceito e agora aparece-me neste filme com o nome de Mark Darcy. "Ó senhor....." Então e ando eu aqui iludida, quando o segredo está no nome... Gosto da forma como um homem apaixonado olha para a sua cara-metade. Derreto-me!!! Bem, agora retornando ao mundo real, vou estudar (smile de choro!) que tem de ser...

Fds.

Não sei porquê, mas acordei com um aperto no peito. Será que é por ser sexta-feira e vou para casa e não sei que me espera? Diz-me que vai correr tudo bem, por favor...

Livro.

Hoje pressenti que o Vitor nunca se esquece de mim. Foi assim que desliguei o telemóvel quando ele me ligou pela quinta vez hoje só para saber como estava e para me dizer que já tinha saudades minhas. Pressenti-o como uma memória em mim ainda não habitada. Não sei explicar como foi. Pareceu-me uma visão, um pressentimento que de hoje em diante, vivendo calmamente o dia-a-dia, é em mim que pensa em contar cada coisa que vive. Estranho, mas o pensamento entranhou-se primeiro no coração, depois na alma, deixando sempre a cabeça de fora.
- Professora, posso entrar?
E assim fui arrebadata para a realidade, parecia-me que tinha adormecido.
- Entra Matilde, desculpa. Diz...
- Desculpe interromper, mas disse-me que precisava de me ver.
- Sim, entra. Vou ser directa, sabes que tenho faltado muito, não porque queira mas porque a minha quimioterapia assim o obriga. Sim Matilde, tenho um cancro da mama mas não vamos falar disso. Não quero, não gosto e isso desgasta-me. Gostava que me substituisses na …

House: everybody lies.

Manhã nos HUC e exame físico a doentes.
É complicado chegar junto de uma pessoa e depois de perguntar o nome, profissão, localidade e pouco mais e de repente dizer: "Com licença, mas vou ter de examinar..." E vão as mãos meio quentes meio frias no abdómen da pessoa, já para não dizer no hipogastro ou noutro sítio menos digno de descrição...
Ó House, nisto nunca te ouvi nem vi a dizer como se faz! Vemos uma Medicina que me encanta, onde tudo é "belo" porque o corpo humano me surpreende a cada dia que passa e tudo está inevitávelmente interligado de uma maneira impressionante e porque tudo faz sentido, é lógico e dói quando tem de doer... Custa quando nos é próximo, empolga-nos quando nos é distante e os sentimentos não nos estão à flor da pele. E assim estudamos e aprendemos... Ó Hipócrates, dás-me o prazer de te jurar? Diz que sim!!!
Não morro sem o fazer!!!

The winner takes it all.

But tell me does she kiss
Like I used to kiss you?
Does it feel the same
When she calls your name?
Somewhere deep inside
You must know I miss you
But what can I say?
Rules must be obeyed

The judges will decide
The likes of me abide
Spectators of the show
Always staying low
The game is on again
A lover or a friend
A big thing or a small
The winner takes it all

I dont wanna talk
If it makes you feel sad
And I understand
Youve come to shake my hand
I apologize
If it makes you feel bad
Seeing me so tense
No self-confidence
But you see
The winner takes it all
The winner takes it all......

[Abba]

Esta música...

Quando passas a minha rua
Como um anjo que flutua
Os teus pés, nunca pisam o chao

E a cada passo teu
Sem saber, eu troco o meu
Como se pisasses o meu coraçao

E até as flores do jardim
Mudam de cor, ao ver-te assim

Eu ja nao posso mais conter
Esta ansiedade de te ver

Ha certos momentos em que eu acho
Que nao passas de um golpe baixo
Fantasia, de um pobre coraçao
Ca vou eu de sentinela
Por-me a espreita, na janela
Nem sequer, sei se existes ou nao
E ate os velhos do jardim, mudam de tom ao ver-te assim...

[Quem és tu míuda? Azeitonas]
(Isto mexe comigo de uma maneira...) LINDA, LINDA, LINDA!

Dream on girl de Rita Sapatosvermelhos.

I can find your dreams tonight
And make your lover come back home
If you don't know, you are on your own
I'll choose the best place for you to sleep...

Come back to see the day you lost your heart
And all your hopes
I'll take you to see the sunrise and try to catch your ghost

[Foto retirada do blog de:"Particia feito à mão." PARABENS!]

Desejo...

Que desta vez aconteça.
Que desta vez seja - porque o queres, porque o quero.
Que não fique pela metade.
Que seja mais que um sonho.

Ninguém disse que é fácil.
Ninguém disse que é impossível.
Ninguém disse nada.

Simplesmente, quero caminhar.

Deixa ir.
Deixa-te ir, eu deixo-me guiar...
Deixo-me levar, conduz-me.

Ecomarche.

Quando forem às compras e virem algar a passar pelos sensores vezes sem conta, a tirar tudo dos bolsos, ténis, t-shirt , (...) e a dizer "Devo ter algo cá dentro porque acontece-me sempre isto em todo o lado. Que desconcertante!" Venham ter comigo e digam-me, deve ser o mesmo gajo!!!" aha ahaah aha ah ah É com cada uma...
Bem, sábado à noite é para ser fora de casa! Fui...

Fringe.

Série de drama criada por J.J. Abrams (o mesmo criador de Lost e Alias). A série tem uma mistura de Ficheiros Secretos e Lost. Foi lançada nos EUA no dia 9 de setembro de 2008 e foi considerada a melhor estreia de 2008. Agora pontos importantes para os fanáticos por Lost:

1. O episódio piloto de Fringe custou em torno US$ 12 milhões de dólares (mesmo valor do piloto de Lost).
2. No episódio piloto, mais ou menos aos 40 minutos, uma música da trilha sonora de Lost é usada.
3. Num determinado momento do episódio piloto, Peter Bishop (Joshua Jackson) fala para Olívia (Anna Torv): “You wanted my father, now you’ve got my father. Which falls under the category of ‘be careful what you wish for", a segunda parte da fala é idêntica a uma de Kate Austen (Evangeline Lilly) em Lost.

Bussola de amores.

Folhas de papel
São cartas de amor
Umas escritas
Outras vazias

Umas faladas
Outras contadas
Mas sempre com o sentimento a meio
Porque nunca tudo é dito.

E fico.
Fico mais um bocado.
E sinto.
Sinto mais um bocado.

Deixo-te seguir caminho,
Perco-me na minha encruzilhada
E, envolvo-te nos meus braços
Quando em sonhos me apareces.

E fico.
Fico mais um bocado.
E sinto.
Sinto mais um bocado.

Quando a tua bussola para mim apontar,
Não te preocupes,
Eu vou lá estar,
Porque ela não se vai enganar.

Outono.

Cá vamos nós a caminho de um novo Outono, quando mal o Verão sentimos (sim, porque mal deu o ar de sua graça), quando ainda à pouco entrava de férias e sim já recomeçámos um outro ano lectivo. Estou em Coimbra vai fazer dia 5 de Outubro, 4 anos e continua-me a parecer que foi no outro dia. Confesso que ainda não me cansei da cidade porque para não mentir sinto que mal a conheço. Conheço-a por olhares, não a conheço por nome de ruas como se fosse um GPS e mesmo assim ainda me provoca novos dispertares nos sentidos, como se um Miguel Torga andasse por aí a contar aos seus bichos como se faz para se amar Coimbra deste jeito que só estudante de capa e batina o sabe fazer...E com vergonha o digo, ainda só conheço um penedo, o da saudade...

Pediátrico.

Fiz durante 3 anos seguidos voluntariado no Pediátrico por minha livre e espontanea vontade. Quis ir e fui. Talvez se deva a isso, que cada vez que lá entre uma nostalgia me invade e a insignificância dos meus problemas surja assim muito de repente. A cada vez que de lá saio, percebo o porquê de sentir falta dos momentos lá passados. Faz-me bem lá ir, ver com olhos de ver que há realmente problemas e que por enquanto não tenho nenhum. Custa olhar e custa mais sentir... Mas um minuto de cada vez, muito devagarinho e tudo se resolve...

Que sorte!!!

Hoje ao cimo de umas escadas tropecei daquela forma esquisita em que já sabes que o mais certo é quase matares-te! E não é que não caí? Que SORTE!!! Mas que sorte mesmo! O dia hoje correu bem, muito sorriso, muita brincadeira mas também aulas sérias e com direito a seca! lol Bem, vou pôr-me a andar que hoje quem faz o jantar é a Patrícia :) Ahhhhhhh, ando bem comigo e recomendo-me! lol Bom apetite que já são horas!:)

Amor.

"O amor nunca faz reclamações, dá sempre. O amor tolera, jamais se irrita e nunca exerce vingança." Eu acredito que seja assim aquilo que chamamos de amor, pelo menos quero acreditar que assim é...

Isto de se ter uma semana à nossa frente...

... é de doidos, quando já sabes o que nos espera! E já que estamos numa destas coisas de doidos, vou contar-vos a seguinte piada:

Os asteriscos (*) resolveram fazer uma festa privada. Ou seja, só podiam entrar *. À porta da festa estava um * segurança que só deixava entrar *. Nisto, aparece um ponto final (.) que queria entrar na festa. Mas o * segurança disse-lhe: "Onde pensa que vai .? Isto é uma festa de *!!!" E o . responde-lhe: "Porra, já não se pode sair à rua com um pouco de gel..."

ahaha aha ahaha AMEI!!!
:) É este o espírito!!! Uma excelente semana!
Vemo-nos por aí...

Ó faxabor, era meia dose!

Vai fazer um mês de aulas e nem um jantar de curso, nem uma saída a sério até altas horas da noite e baixas da manhã. Mas já perdi o número a avaliações práticas, a fichas e horas sentadas naquelas salas tediantes. Isto está mesmo com um excelente aspecto de que este ano vai ser uma dose daquelas de restaurante que é demais para uma única pessoa..." Alguém quer comer disto comigo?" Eu pago!!!E aposto que ficavamos ambos de barriga cheia e olha que até me faziam um favor!

Sono.

Tenho sono, muito sono. Posso dormir durante 3 curtinhos meses? Nem iam dar pela minha falta, a julgar pelo ritmo da coisa, passava-se num ápice... Alguém me consegue uma promoção daquelas, "Pague 3 fatias de pizza e receba 3 noites seguidas de 12h de sono! APROVEITE!" Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhh. To ko!Até amanhã, beijos e afins*

Quarta, 23h23.

Nada me dizes, nem me escreves. Deixo o silêncio invadir o meu espaço, o meu espaço que queria que fosse teu. Embranho-me nas letras do meu fiel escudeiro. Parto na viagem solitária que quero fazer por gosto, com dedicação, mas calmamente. Não penso em decisões por mim já tomadas, o passado já lá está para trás e comigo carrego o que somente quero levar. Não me sinto só e isso é o importante, escolhi estar assim, assim quero continuar. Gosto de estar e de viver sozinha, mas comigo mesma. Quando tenho o que não pedi mas que desejei e com sábia espera que o destino me impera de aceitar devolvo-me à liberdade que aos poucos perdi e deixo-me adormecer nos sonhos que ainda estão por viver. Não sei o que quero ao pormenor, perderia a piada se o soubesse, não decoro caminhos, vou indo e vendo com a certeza que desta vez vai ser o coração a ler na bussola o norte das auroras que iluminam a minha caminhada de por do sol em por do sol.
Sou feliz, mentiria se dissesse que não o era.

Luz.

Há uma pessoa que me chama de pirilampo porque diz que eu a ilumino. Mas quem lhe chama de luz sou eu:) Mas sabem que mais? Eu gosto dela assim! Assim como ela é, só lhe falta deixar o seu vício feio que nestes dias tem andado bem afinado (eu sei que ela vai conseguir!)e mais, e já me esquecia, o que lhe falta mesmo é ela afirmar que quem matou o juiz foram os malditos marombas de um raio!!!!LOL E porque já sei e porque sim, o que nós temos é muito bom e é para manter. Porque ADORO cantar com ela a the black parade aos berros no carro, dela (se aquele peugeout falasse!!! MEDO) porque gosto de bater com a cabeça no banco, cada vez que trava e porque ADORO ouvir-la dizer "Vamos embora, já fodi a sanita!" ahahah ahhh aha ah Porque estou sempre aqui para ela, e porque sei que ela o sabe e sente. E assim sou feliz.
AMIGA!
E mais, não ganhei só uma amiga, ganhei uma pessoa que sente quando o semáforo muda de vermelho para verde, a sério, nem imaginam o jeitão que isso dá!!! E sim,…

Então é assim...

Hoje. Palavra pequena para um dia muito grande e levantei às 9h, o que para mim já é tarde. Deixei-me embrenhar nas aulas práticas de alginato, sim porque o ALGINATO RULESSSSSSSSSS! e quando dei por mim eram 19h e ainda tinha de ir às compras. Quer dizer, uma pessoa que estuda em Coimbra e ouve falar de borga e coiso e tal e PIMBA, nada de nada! Vamos pôr os alunos de Dentária que já são do curso mais caro, vamos pô-los no mais dificil, assim é que é fofo. E sabem como é que eles fazem isso? Mandam-nos comer alginato. É na boca, é nas orelhas, é no cabelo, é no chão, tudo a comer alginato. E porra às vezes lá está a glote assim meia ao de leve a marcar presença como quem berra: "Tu vais vomitar..."LOL Hoje ri-me de gozo, de prazer, de alegria e de nervosismo. Opa, dias como este que parecem de 72h é dose. Se virem alginato peçam por tudo para não ser de baunilha, acho que este vou enjoar este sabor e bem depressa. QUERO CAMA E LEITINHO QUENTE COM NESQUIK!

Farturas.

Opa... Hoje na faculdade, eu digo mais ou menos assim "Ah e tal adoro farturas (...)" Vira-se um colega meu e diz-me assim: "Sabias que os que fazem as farturas cospem no óleo pa ver se este já está bom???" Não vou comentar o que se passou a seguir...

Segunda.

Custa-me tanto ao Domingo pensar que vem uma semana aí à frente a todo o gás...E com esta chuvinha que dá 25cm de profundidade à baixa de Coimbra??? ahhah ah ah

I carry your heart with me.

i carry your heart with me(i carry it in
my heart)i am never without it (anywhere
i go you go, my dear; and whatever is done
by only me is your doing, my darling)
i fear
no fate (for you are my fate,my sweet) i want
no world (for beautiful you are my world,my true)
and it's you are whatever a moon has always meant
and whatever a sun will always sing is you

here is the deepest secret nobody knows
(here is the root of the root and the bud of the bud
and the sky of the sky of a tree called life; which grows
higher than the soul can hope or mind can hide)
and this is the wonder that's keeping the stars apart

i carry your heart (i carry it in my heart)
E. E. Cummings.
[O meu poema preferido]

Hoje.

Viver a 1000 à hora sempre NÃO, mas há dias como o de hoje que parece-me que tudo se consegue e que tudo se faz com gosto. Então a fazer o que gosto com as pessoas que gosto, torna-se deveras engraçado. Hoje sorri e ri-me de mim mesma, porque realmente às vezes tenho uma piada do caraças! Hoje sai-me uma assim "Até gostava que roubassem o carro aos meus pais, assim já sabia onde ele estava!" Confundi um carro igual de matricula parecida ao dos meus pais, ou então era mesmo o carro deles e aí o caso muda de departamento! Ó cum catano...ahahah ah ah ah ahah

Beijos e afins que hoje ando beijoqueira!

Cansaço.

Cansada. Cansada. Cansada.
Estou com tanto soninho. Gosto de me sentir assim e aterrar na minha caminha num segundo... Vou fazer isso. Como demoro imenso a mexer os dedos, deixo-vos a música que ouço e que me adoça ainda mais o cansaço! É muito bom estar assim, significa que dei o meu melhor. Até amanhã, não gosto de dizer adeus.

O meu blog preferido.

Sim, confesso que dos muito poucos blogs que conheço, são raros os que re-visito! A sério, até são poucos os que tenho no meu blog como links de acesso, mas mesmo assim há um que leio com extenso prazer e admito com ponta de inveja da escrita que lá está apresentada. Refiro-me ao blog do Bruno Nogueira. Caraças, já tem dois metros de altura, cara de tótó até mais não e ainda tem de escrever daquela forma que a palavra malícia parece um nenuco??? Caraças! Assaltem-lhe o cérebro, achocalhem-no, mas não o roubem, não vá ele pensar que são os gajos da Produções Fictícias numa espécie de PID com leggings e óculos PRADA.

Já sei!

Aprendi comigo mesma que o que eu gosto INTERESSA e o que não gosto não interessa! Parece algo banal, coisa até de si muito simples, MAS depois de se ter noção disto, tudo muda! E ainda bem!!!

É muito bom. Muito...

É muito bom, mas muito bom mesmo. Sorrir, assim! E mais... É mesmo muito bom ter grandes amigos que sei que estão sempre lá. Já tenho uns quantos, já me enchem uma mão!Ouvi dizer que me tinha tornado exigente! Mas posso "plagiar"???LOL Não estou exigente, contento-me sim com o melhor... ah aha ahahah ah ah Acordei de muito bom humor, não incomodei o candeeiro, saltei o tapete a gritei lá para fora que hoje sim, ninguém me oportunou!

Cama.

Ainda meia adormecida, porque quando estou verdadeiramente em casa, poucas são as coisas que me atraem, para além da minha cama, e lá me deixo ficar porque aquele fio grosso que me tem lá presa ainda é invisível e a chantagem baseia-se fulcralmente no quentinho que lá tenho e no FRIO que recebo ao sair de lá. E isto é o quê, sabem??? MÁ VONTADE! Má vontade do mundo exterior em receber-me. Ou seja, o belo tapete que obrigado em aceitar-me, mas no seu queixume já tão característico, porque ainda estou em cima dele (logo ao acordar, não caminho, arrasto-me!!) e o candeeiro nada me diz porque ateimo em não acendê-lo todas as manhãs, ele tem deveras um mau feitio quando durante a noite tenho de ir ao wc e ele acusa-me que não são horas de o oportunar e começa logo: "jfbeiugc ghgirvbbvwe gnvh hj" como vêm linguagem de watts eu não percebo! Depois, dirijo-me sempre à janela para interrogar, ou melhor, a berrar desconsoladamente aos de fora se também é assim com eles... Ou sou só e…

Olhar.

Olhar nos olhos,
Divagar pelo olhar que tão bem conheço,
Perder-me pelo corpo que ao de leve já toquei,
Mas que para minha tristeza, ainda não decorei.

"Deixa que te leve, assim tão leve." por PG

WTF?!?!?!?!

Sabes quando pensas que conheces alguém? A seguir puxam-te o tapete e aterras logo no meio do chão que é um mimo... Mas é sempre bom, pelo menos já sei que não vou por aí...

Matrículas.

Ando novamente a fazer contas de subtracção assim que vejo uma matrícula de um carro. E isto não é bom sinal. Estou lá e não cá...

É isso aí.

Ainda lembro quando vi o filme Closer a um Domingo e ouvi a minha consciência a sussurrar-me ao ouvido que este filme tinha mais de realidade do que de ficção. Ainda lembro de ver e rever o genérico só para ouvir a música. Ainda lembro de nessa mesma noite, enviarem-me essa música pelo msn, quando eu nem o nome da música, nem o do cantor sabia. Ainda lembro do que senti. Ainda lembro o que nesse momento pensei. Ainda lembro que coincidências é o que chamamos quando algo de extraordinário nos acontece. Ainda lembro... Como me disse hoje o Pedro, "Tu tens uma memória." Se calhar até tenho mesmo...

Estória.

"But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true, I was made for you
I climbed across the mountain tops
Travel across the ocean blue
I cross over lines and I broke all the rules
Andbaby I broke them all for you."
Brandi Carlile

Ana Free.

Isto sim, é talento. Ana Ferreira foi à dois anos para Inglaterra estudar Gestão e por bincadeira ou não, lá pôs um vídeo seu no youtube e desde aí a vida dela não voltou a ser a mesma. Já recusou convites de Editoras porque em primeiro está o curso, mas que vamos ouvir falar muito desta menina de Cascais, ai isso vamos... Gosto muito desta.
Ana Free covers Greenday (Time of your life).

Setembro.

E amanhã já (re-) começa uma nova etapa. O terceiro ano. E é já amanhã que volto à rotina do 6, 7 e 29 como autocarros, ao polo 3 para almoçar no restaurante universitário, à beira da Guida que vai ser a minha parceira de box, à casa da Luz por causa dos iogurtes e da cama gigante que ela tem e dos aviões que lá andam, a casa da Ju por causa do chá que ela faz e à minha cama onde me deito sempre KO. Ao portátil que é sempre o meu melhor amigo, o meu confidente e quem recebe todos os dias o meu toque. À quem te considere um sortudo, já viste meu doce?E o mais engraçado é que sinto que este ano vai correr muito bem... Será? I truely hope so..

Mamma mia.

Que até agora os meus filmes preferidos são estórias de puxar a lágrima, isso eu já sabia e assim vai continuar a ser, pelo menos é o que me parece. Mas devo confessar que desta vez isso, realmente, não mudou, as lágrimas agora foram de tanto rir... Para quem gosta de boas gargalhadas e de muita música, este filme é imperdível!!!Grécia, Abba, o elenco. PERFEITO.

TOP 5
1. Pride and Prejudice 2. Atonement 3. Mamma mia 4. Notebook 5. Die Wolke.

Só de sacanagem.

Na última viagem que fiz da Figueira da Foz para aqui junto do pc, uma amiga minha disse-me que conhecia um poema que gostava muito, que acreditava no que lá estava escrito e que achava que também eu me ia identificar com ele. Perguntei-lhe o nome, mas ela disse-me que não o sabia ainda de cor mas que o conheceu no álbum da Ana Carolina e seu Jorge, pois aí no meio de músicas a Carolina recitava-o. Assim soube que também eu já o conhecia, que também tinha gostado dele, mas por mais esforço que fizesse também eu não o sabia de cor. Hoje apercebi-me que a autora deste poema, Elisa Lucinda, é também actriz e que eu sempre gostei imenso do seu sorriso. Agora sim, sei que afinal não era só o sorriso e o tom de voz que lhe conhecia. Agora, um pedaço do seu coração é meu também...

Só de Sacanagem.

Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta à prova?
Por quantas provas terá ela de passar?
Tudo isto que está aí no ar, malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro,
do meu dinh…

Quero.

1. Conhecer mais do trabalho de Annie Leibovitz.
2. Conhecer mais do trabalho de David Lachapelle.
3. Quero uma lomo fisheye...

É pedir muito???

[Foto minha em SCD]

Ano.

250 visitantes num ano.
Estou feliz! A quem cá vem, sejam sempre bem vindos e agora para quem volta, o prazer é SEMPRE meu.
Cativei-te e agora sou responsável por ti.

[Foto em SCD tirada pela minha Luz.]

Die Wolke.

Sabem quando querem ir ao cinema, mas tudo o que o que lá está já viram à excepção de um filme que nunca ouviram falar dele e quase que obrigados decidem ir ver mesmo esse? Pois bem, foi o que me sucedeu e ainda bem. Do melhor que já vi. Se me conseguirem dizer onde se compra ou onde arranja eu agradeço e quiçá ainda dou um chocolatinho!:) Beijos e afins de bom jantar que hoje ando feliz!

Lost <3

Tenho um enorme fascínio por esta série. Então pelo Jack, é que nem se fala... Por isso é com muito prazer que vejo renovado o título de melhor série, tendo no ano passado perdido este posto sem perceber bem porquê, sim porque é muito raro numa série pensar convictamente que vair ser preto e puff afinal era branco. E quando nos mostram que na verdade era incolor? Aqui fica a lista das 10 melhores segundo os americanos...
1 Lost
2 The Wire
3 30 Rock
4 The Office
5 Friday Night Lights
6 House
7 Battlestar Galactica
8 Breaking Bad
9 John Adams
10 In Treatment

Papás.

Tenho um casal amigo (têm no máximo mais 3 anos que eu) e à quase 2 meses que nasceu a princesa da vida deles. Uma gravidez plena, dentro da normalidade, um parto também por si normal, mas assim que a bebé respirou, tudo se virou do avesso. Entre tubos, fios e mais tubinhos, até hoje ainda não saiu de perto de um ventilador... Há mães que abandonam os filhos, outras não querem literalmente saber deles e vai uma coisa destas acontecer a um casal que desejou esta bebé como não conheço outro igual. A sério, se Deus ou outra coisa com outro nome realmente tivesse existido, não deixava que as coisas fossem assim. Não tinha prazer em ver o sofrimento, em ter promessas de momentos de impotência total. Não acredito em Deus, nem em nada supremo ou coisa do género e sim, se isto aconteceu assim, quero acreditar que foi uma grande infelicidade do acaso e que não estivesse esta princesa de cabelo negro como a branca de neve na mira de algo que dizem ter existido... Mas se realmente exististe, é b…

Dreams in colour.

Gosto dos concertos do David e gosto especialmente quando ele me canta ao ouvido a "This raging light"; mas, não posso negar que, adorei este vídeo desde os segundos iniciais... Hugo Ferreira, que talento enorme! Parabéns! Aqui fica a minha homenagem, que muitos mais conheçam aquilo que eu adorei...

"So I sit on your wall,
And I'll get there first,
I'll drown in your love,
I'll never wake up...
I'll never wake up... "
David Fonseca

Back from colours.

Volta, mas volta devagar
Vem, mas só se quiseres
Fico e devolvo-me a esperança
De um dia poder realmente suspirar
Mas, porque há sempre um mas...
Eu estou, eu não vou, eu não calo,
Nem a voz do coração,
Porque no silêncio,
Só se sente o remoer do meu compasso.

Sinto.

Eu sei esperar. Já aprendi.

[Uma das minhas primeiras aventuras no Photoshop.]

Ar.

Lembro-me de não querer responder, por isso não perguntei...

[Foto do balão do Rodrigo.]

Sonhos...

Há quem sonhe ir à lua, há quem sonhe descubrir a verdadeira essência de um buraco negro... Eu sonho em ver uma Aurora Boreal...

[Foto do fogo de artifício das Tasquinhas 2008]

O que se ouve por aqui II.

Cada vez que ouço esta música desancadeio sempre no meu imaginário uma situação digna de filme em que dois amantes se inferiorizam fisicamente perante o desejo que lhes assalta a alma despojando-os das suas defesas, revelando-se cada um tal como verdadeiramente o é... E tudo isto me consome o pensamento nesta música. Digna de filme eu acho...

Heróis do mar, nobre salto.

É fantástico. Dou comigo a chorar a cada vitória que assisto em competições. Então quando são competições individuais quase que soluço. Eu bem sei que sou uma sentimentalista irremediável mas confesso que gosto de ser assim, de chorar com facilidade em momentos felizes. Adoro assistir quando cada um se supera a si mesmo. Eu revejo-me nos atletas, sejam de que país forem. Embora as minhas provas se resumam neste momento a exames da Faculdade, mas porque me revejo eu nos atletas? Porque passo o ano a trabalhar, passo o ano a lutar, a desabafar com os que me são próximos as minhas tristezas, o meu cansaço, as minhas façanhas que me são tão importantes, mas no "fim" quando já à porta do exame estou, assim como na hora da prova dos atletas, estou só e assim fico nas próximas horas. E isto às vezes irrita-me, outras vezes fortalece-me. Quer dizer, andamos sempre acompanhados, com apoio do melhor, do assim-assim e até do menos bom, como cada qual sabe dar e pode dar e, quando mais…